Em 2017 a Microlime deu um enorme passo no seu desenvolvimento.

Apoiado pelos fundos do Portugal 2020, Compete 2020 e FEDER o investimento desenvolveu-se entre Agosto de 2015 e Maio de 2017.

Com a conclusão da construção da nova fábrica de Fátima a Microlime adquiriu uma capacidade de produção acrescida de 400 toneladas por dia numa primeira fase com potencial de crescimento para 800 toneladas por dia.

Além da maior capacidade de produção a Microlime adquiriu capacidade para produzir cal de elevadíssima qualidade.

Dotada das melhores técnicas disponíveis e de uma matéria-prima de excelência, a fábrica de Fátima produzirá cal com qualidade para qualquer aplicação.

Por outro lado os 30 hectares de que a Microlime Fátima dispõe, garantem reservas para cerca de 100 anos o que dá uma enorme perspetiva de futuro.

A Microlime inicia, assim, em 2017 um caminho de desenvolvimento que pretende seja contínuo e permanente permitindo à Empresa manter-se na linha da frente da tecnologia da produção de cal de elevada qualidade.